7 ingredientes que você deve evitar

A comida que ingere não afeta somente a sua figura, mas que também pode influenciar a sua forma de pensar, suas ações e suas emoções.

Muitos dos alimentos e aditivos químicos que consumimos podem desajustar o nosso sistema nervoso, ficamos com mau humor, fadiga, ansiedade e até depressão.

O mais pequeno resto de certas substâncias escondidas nas refeições pode afetar muito o seu bem-estar. Conheça quais são esses ingredientes.

É RECOMENDÁVEL NÃO CONSUMIR…

Farinha refinada: muitas vezes, sopas, molhos de saladas e outros produtos elaborados vêm com um aditivo de farinha branca para ter maior consistência.

Este ingrediente lhe fornece calorias vazias e faz subir os seus níveis de glicose no sangue, provocando picos de fome e alterações de humor. Trata de substituí-lo por grãos integrais ou produtos livres de glúten.

Corante Vermelho C N° 40: este produto químico é um dos aditivos alimentares mais utilizados pela indústria para dar mais sabor e cor aos alimentos.

Está escondido em todos os tipos de produtos, desde as bebidas esportivas até os lanches e as batatas fritas. Apesar de que há muito mais atrativas dos alimentos, tem sido associado ao desenvolvimento de TDAH e pode causar hipersensibilidade.

Em vez de alimentos com aditivos alimentares, escolha lanches orgânicas sem agregados artificiais.

Óleo hidrogenado: trata-se de um óleo processado utilizado pelos fabricantes de alimentos para estender sua vida útil. Este ingrediente cria gorduras trans nos alimentos, um tipo de lípido que aumentam o colesterol e faz aumentar de peso.

Além disso, as gorduras trans causam esgotamento cerebral e mau humor severo. Uma forma de evitar que o óleo hidrogenado é consumir o óleo de coco orgânico ou azeite de oliva extra-virgem em seu lugar.

Aspartame é um adoçante utilizado para adoçar os produtos supostamente livres de açúcar.

Se você acha que você está fazendo um favor ao seu corpo, evitando o açúcar, deverá considerá-lo duas vezes, pois o aspartame é um químico artificial do que foi demonstrado que provoca dores de cabeça, problemas digestivos e convulsões.

Trata de escolher alimentos adoçados com mel natural, cana-de-coco ou açúcar não refinado.

Coloração Amarelo N° 5: o nosso organismo não está preparado naturalmente para processar químicos.

O corante amarelo de N° 5 é um aditivo que costuma estar presente em biscoitos, refrigerantes e até a goma de mascar.

Aqueles alimentos e bebidas que contêm costumam ter um atrativo brilho amarelo, mas podem causar asma, reações alérgicas e distúrbios anímicos.

Como precaução geral, evite comer comidas ou doces que sejam muito coloridos.

Glutamato monossódico: conhecido como GMS, é um produto químico usado em produtos processados para realçar o sabor e estender sua vida útil. Sopas, jantares congelados, batatas fritas e uma grande quantidade de comidas elaboradas contêm.

A menor proporção de este aditivo pode causar náuseas, ansiedade, fraqueza e tonturas.

É ler os rótulos das embalagens e escolher os produtos com a indicação “livre de glutamato monossódico”.

Açúcar: está escondido na maior parte da comida processada (batatas fritas, molhos, sucos de frutas, cereais, barrinhas energéticas) sob nomes como dextrose, frutose, xarope de milho de alta frutose, lactose e sacarose.

Comer muitos alimentos ricos em açúcar pode levar a diabetes, problemas de tiróide, depressão e ganho de peso. Recomendamos que escolha uma fruta doce ou uma versão saudável de sua guloseima favorita ao sentir um desejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *