Higiene no Banheiro é fundamental para Saúde

O banheiro, por ser um ambiente bastante úmido é um dos lugares em que mais se alastram bactérias e germes.

Para se ter uma ideia,  o local pode acumular 189 tipos diferentes de Microorganismos. No entanto, medidas simples podem ajudar deixar o ambiente mais limpo.

Abaixo, confira algumas dicas:aviso-banheiro

Bolor

Procure tomar banho com a janela aberta, assim a umidade não se acumula pelo cômodo inteiro. Caso ele já tenha invadido o lugar, reveja como anda a circulação do ar e utilize produtos para removê-los como o cloro, por exemplo.

Ralo

Quando as mosquinhas de banheiro começam aparecer, já passou da hora de fazer uma faxina no ralo. Elas aparecem porque a gordura natural do nosso corpo se acumula por lá, servindo de alimento para as larvas do inseto. A forma correta de higienizar o local é primeiro retirar o tampão e lavar o dreno com água morna, escova e sabão. Depois enxague com água quente e jogue uma solução de cloro.

Vaso sanitário

O vaso sanitário é maior centro de proliferação de bactérias. Para ajudar na limpeza, use cloro diluído em água em todos os cantos, inclusive na dobra da porcelana. Na hora de dar descarga, também, sempre deixe a tampa abaixada, para não proliferar os micro-organismos por todo o banheiro.

Piso

A melhor forma de higienizar o chão do banheiro é usando uma solução de cloro diluído em água, passando-o com rodo e pano por todo o local, sem esquecer nenhum cantinho.

Escova de dentes

Troque a sua escova a cada dois ou três meses no máximo. E evite guardá-las dentro do armário. O ideal é colocá-las em um copo aberto, com as cerdas viradas para cima. Para desinfetá-las corretamente, aposte em uma solução manipulada de gluconato de clorexidina a 0,12%. Passe-a na escova sempre depois de usá-la, dando uma batidinha antes.

Toalhas

É importante sempre trocá-las no tempo certo: as de rosto todo dia, pois várias pessoas a usam, e o mesmo vale para o tapetinho do banheiro. Já as de banho, leve para lavar a cada dois dias.

Sabonetes e esponjas

Os sabonetes também são morada das bactérias. Caso você use o tipo em barra, a dica é sempre gastá-lo debaixo do chuveiro, para tirar suas bactérias. Mas para se garantir mesmo, prefira os tipos líquidos. Quanto às esponjas, use-as individualmente e troque a cada 15 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *